Você está aqui: Início » Institucional » Apresentação

Apresentação - Pesquisa

A COMISSÃO DE PESQUISA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

Desde sua fundação (1898), a FCF/USP sempre se preocupou com a formação de profissionais de alto nível para atender às necessidades do mercado farmacêutico brasileiro. Investe constantemente na renovação de seu currículo acadêmico para se adequar aos avanços das ciências e da tecnologia.

As investigações científicas da instituição são desenvolvidas pelos docentes e pelos alunos em áreas pertinentes às ciências farmacêuticas, envolvendo linhas de pesquisas básicas e tecnológicas. Seus projetos de pesquisas cobrem as áreas de química e bioquímica de alimentos, nutrição, análises clínicas e toxicológicas, modelagem molecular, síntese de agentes quimioterápicos potencialmente ativos, extração de substâncias ativas de plantas brasileiras, novas formas farmacêuticas e controle de qualidade de medicamentos, cosméticos e alimentos.

No final da década de 80, a grande maioria das Unidades da USP instituiu suas Comissões de Pesquisa, que de maneira muito positiva, potenciaram as atividades de investigação nas próprias Unidades, e conseqüentemente na Universidade. Desde então, a missão da Comissão de Pesquisa da FCF tem sido fomentar e fortalecer a pesquisa científica e tecnológica em todas as áreas de conhecimento da Farmácia.

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade é constituída por quatro departamentos:

Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental

Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas

Departamento de Farmácia

Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica

 

O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

O programa de Iniciação Científica sob forma institucional teve início nos primórdios da década de 90. Desde sua instalação, coube às Comissões de Pesquisa das Unidades sua administração, de acordo com as normas estabelecidas pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Agências de Fomento. Desta maneira, a atividade da Comissão de Pesquisa da FCF é intensa, quanto à análise formal dos projetos apresentados, escolha de assessores externos para análise de mérito dos projetos, análise e avaliação de relatórios parciais e finais dos bolsistas, organização de eventos para apresentação de trabalhos e etc.

O PIC é constantemente avaliado pela USP e agências de fomento. Os efeitos positivos do programa tem sido observados não somente com relação ao incentivo à pesquisa no jovem estudante, como também pelo nível de qualidade dos trabalhos que vem sendo realizados e apresentados em Congressos.

Já foi também comprovado que o programa tem tornado possível a realização de Mestrados e Doutorados em intervalos de tempo menores, sem prejuízo da qualidade da pesquisa desenvolvida.

 

PROGRAMA DE PÓS-DOUTORADO

A participação de pesquisadores com doutorado recente tem importância crescente no desenvolvimento das atividades de pesquisa da USP. Ciente disso, a Universidade oferece a pesquisadores, pós-doutores e coordenadores vantagens semelhantes às ofertadas a seus estudantes de pós-graduação. Incluem-se aí benefícios dos serviços de saúde da Universidade, acesso a bibliotecas e recursos computacionais. Têm acesso a tais benefícios tanto os bolsistas de Pós-Doutorado das agências de fomento quanto os Jovens Pesquisadores da FAPESP, e os bolsistas dos Programas PROFIX, do MCT e PRODOC da CAPES. Excepcionalmente, poderão ser aceitos pesquisadores sem bolsa, com dedicação integral/parcial ao programa, após avaliação do projeto por um parecerista.

A inscrição no Programa de Pós-Doutorado da Pró-Reitoria de Pesquisa deve ser feita na Comissão de Pesquisa da Unidade em que o trabalho será desenvolvido.