Você está aqui: Início » Pesquisa » Linhas de Pesquisa

Linhas de Pesquisa

 Na Indústria baseada na Ciência, a vantagem competitiva é obtida por intermédio das inovações de seus produtos. Existe a -tendência do desenvolvimento de fotoprotetores possuindo reduzida concentração de filtros químicos, no entanto, ainda de proteção elevada. Apesar da disponibilidade de diferentes classes de filtros e substâncias naturais, o mercado não dispõe de formulações possuindo associações de filtros químicos com substâncias isoladas de origem natural. Em concordância com este panorama, justifica-se o desenvolvimento, conceitual e prático, a avaliação da estabilidade e a determinação da segurança e eficácia de fotoprotetores bioativos.

Docente responsável: Prof. Dr. André Rolim Baby

E-mail: andrerb@usp.br

fone: 3091-2358

 

Projetos de Pesquisa

Para garantir a eficácia, segurança e qualidade dos produtos farmacêuticos, a demanda por ferramentas modernas de análise se faz necessária, especialmente para os fármacos novos. O nosso grupo vem atuando tanto no desenvolvimento de métodos rápidos e eficientes e sua aplicação para a análise de medicamentos, quanto na determinação dos enantiômeros em fármacos quirais.

As linhas de pesquisa visam não somente desenvolver tais ferramentas, mas também ampliar o conhecimento a respeito das técnicas espectrofotométricas, cromatográficas e eletroforéticas.

 

Prof.responsável: Anil Kumar Singh

e-mail: anil@usp.br

telefone:3091-3655

 

 

Projetos de Pesquisa

Estudo farmacognóstico de plantas medicinais brasileiras [ estudo farmacobotânico (caracterização macro e microscópica); químico (isolamento/identificação de substâncias) e atividades antimicrobiana, antiúlcera e antioxidante.



Projetos de Pesquisa

Objetivo: Comprovação das atividades farmacológicas, principalmente, antiúlcera de cicatrizante, de espécies brasileiras, utilizadas popularmente para estes fins. Comprovação da ausência , ou não, de toxicidade..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia.
Setores de atividade: Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana.
Palavras-chave: Farmacognosia; Farmacologia; Antiulcera; Cicatrizante; toxicidade; polifenóis.



Projetos de Pesquisa

Estudos de intervenção ou observacionais, prospectivos ou retrospectivos, com, principalmente, pacientes internados em -hospital de média complexidade, visando o uso racional de medicamentos e, consequentemente, a segurança do paciente. Nesses, incluem-se os de determinação e análise de processos da área de Farmácia Hospitalar e Clínica; do seguimento da farmacoterapia de pacientes internados/ambulatoriais; da orientações e educação sanitária ao paciente;  da conciliação medicamentosa; bem como os de elaboração de protocolos de uso de medicamentos; elaboração e validação de rastreadores para busca ativa de eventos adversos, entre outros. 

Prof. responsável: Eliane Ribeiro

e-mail: elianer@hu.usp.br

Telefone: 3091-9246

 

Projetos de Pesquisa

As doenças negligenciadas, entre elas, malária, doença de Chagas, leishmaniose e tuberculose, representam problema médico-social de alta importância no contexto mundial, com destaque para o Brasil. Com vistas a contribuir para a busca de novos agentes quimioterapêuticos pra o tratamento dessas doenças, planejamos, e sintetizamos, por meio dos processos de latenciação e bioisosterismo, entre outros, e racionalmente, com o uso de técnicas computacionais, derivados que podem se tornar candidatos a antichagásicos, leishmanicidas, antimaláricos e tuberculostáticos.

 

Docente responsável: Elizabeth Igne Ferreira

e-mail: hajudan@usp.br

telefone: - 3091-3793

 

Objetivo: Planejar racionalmente e por meio de latenciação candidatos a fármacos de ação antimalárica, antichagásica, leishmanicida e tuberculostática, com ênfase em derivados seletivos..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Saúde Humana; Pesquisa e desenvolvimento científico.
Palavras-chave: Latenciacao; Planejamento Racional; Antichagasicos Potenciais; Antimalaricos Potenciais; Leishmanicidas Potenciais; Tuberculostaticos Potenciais.



 

 

 

 

 

 

 

 

Projetos de Pesquisa

Alteração da expressão de transportadores de fármacos em pacientes críticos
 
Objetivo: Investigar a expressão de transportadores de fármacos na excreção renal em pacientes críticos com função renal normal uma vez que a depuração do antimicrobiano se encontra reduzida nesses pacientes..
Palavras-chave: Abordagem farmacocinética-farmacodinâmica; OAT1-2 MATE1-2K; Transportadores de anions-drogas marcadoras; Farmacogenética.
2.
Controle terapêutico de Fármacos
 
Objetivo: Individualização de terapia farmacológica pelo ajuste de dose na maximização de eficácia e minimização de eventos adversos. Estudos de fenotipagem com relação a transportes de eliminação e biotransformação (oxidação, redução e hidrólise e processos de conjugação) contribuem na racionalização da terapia e ajuste de dose do fármaco..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: fármaco de baixo índice terapêutico; correlação Conc x Efeito; fenotipagem.
3.
Modelagem Farmacocinética
 
Objetivo: Utilizar as ferramentas da farmacocinética para investigação do fármaco no organismo humano e a sua alteração em função da absorção, distribuição, biotransformação e excreção de agentes utilizados na terapêutica. A aplicação dessa ferramenta em estudos clínicos controlados é importante para o conhecimento da transferência do Fármaco no organismo de pacientes das populações de risco e de pacientes críticos como extremos de idade, imunossuprimidos, submetidos a grandes cirurgias, grandes queimados, infecções graves, disfunção renal_dialise e disfunção hepática.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: alteração da farmacocinética; populações de risco; pacientes críticos.
4.
Modelagem PK/PD para fármacos agonistas e antagonistas de receptores farmacológicos
 
Objetivo: Investigar a partir da utilização de modelos lineares ou não lineares, temporais ou não temporais a correlação entre a concentração plasmática do fármaco no decurso do tempo e o efeito farmacológico ou efeito adverso no decurso do tempo. A utilização dessa ferramenta para fármacos agonistas como antagonistas de receptores farmacológicos tem se mostrado promissora na racionalização de uso de determinado agente terapêutico e a proposta de novos regimes de dose para maximização de eficácia e minimização de eventos adversos..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: modelos temporais; modelos atemporais; correlação PK/PD.
5.
Vigilância infecciosa com base na predição de efetividade de agentes anti-infecciosos através da abordagem PK/PD
 
Objetivo: Realizar a correlação PK/PD para agentes anti-infecciosos (antimicrobianos e antifúngicos) a partir de parâmetros da farmacocinética e da farmacodinâmica com base na concentração inibitória mínima do patógeno isolado.. Nesta linha de pesquisa realiza-se investigação de grupos de pacientes críticos portadores de infecções graves através da realização de protocolos clínicos controlados prospectivos para o controle das infecções contra patógenos hospitalares e da comunidade, fungos e leveduras.O objetivo fundamental é propor alterações de regime de dose, para fins de vigilância infecciosa..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: antimicrobianos e antifúngicos; pacientes graves de UTI; infecções causadas por patógenos hospitalares; abordagem PK/PD; resistência bacteriana.

Projetos de Pesquisa

As atividades de pesquisa estão distribuídas em duas linhas principais: (i) Tecnologia Farmacêutica (ii) aplicação de técnicas de caracterização no estado sólido para o design de formulações e processos . No primeiro caso são de especial interesse a nanotecnologia e os sistemas de entrega e controle de liberação de fármacos com foco industrial, ao passo que na segunda linha particular atenção é dada à aplicação de técnicas termoanalíticas para o estudo do polimorfismo e de cocristais.

 

Docente responsável:

Gabriel Lima Barros de Araujo

e-mail: gabriel.araujo@usp.br

Telefone: 30913658

 

 

Projetos de Pesquisa

1.Síntese e funcionalização de Compostos Heterocíclicos;

2. Síntese de derivados de alfa-aminoácidos;

3. Síntese de biosensores fluorescentes para uso biológico (clusters)

Projetos de Pesquisa

Dissolução de formas farmacêuticas

2.
Desenvolvimento de formas farmacêuticas sólidas de liberação prolongada e de pronta liberação

3.
Pré-formulação

4.
Sistemas ternários fármaco-ciclodextrina-polímero



Projetos de Pesquisa

Projetos de Pesquisa

 

1. Desenvolvimento e validação de novas metodologias analíticas aplicadas a análise de princípios ativos em formulações farmacêticas ,cosméticas e fitofármacos

2. Controle de qualidade de medicamentos, cosméticos e fitoterápicos

3. Técnicas de separação: Eletroforese capilar, cromatografia líquida de alta eficiência, e outras

4. Métodos eleforéticos e cromatográficos aplicados para quantificação de fármacos em sistemas nanoparticulados

5. Desenvolvimento de Metodologias Indicativas de estabilidade através de métodos electroforéticos, cromatográficos e técnicas hifenadas (LC-MS, CE-MS)

6. Extração, separação, identificação e quantificação de substancias bioativas por eletroforese capilar e cromatografia líquida de alta eficiência

7Controle de qualidade de fitoterápicos.

 

 

Projetos de Pesquisa

Desenvolvimento de trabalhos de pesquisa, ensino e extensão nas áreas de metrologia e examinologia em química, abrangendo a avaliação da incerteza de medição em análises de medicamentos, a estimativa dos riscos de decisões falsas quanto à avaliação de conformidade, e o desenvolvimento de procedimentos analíticos empregando os conceitos de qualidade por design analítico (AQbD).

Projetos de Pesquisa

 
Controle físico-químico e microbiológico de qualidade, avaliação biofarmacêutica in vitro e avaliação da absorção in silico de formas farmacêuticas orais
 
Objetivo: Avaliar as características químicas, físico-químicas, microbiológicas e biofarmacêuticas de medicamentos e suplementos alimentares. No que se refere à abordagem físico-química, busca-se desenvolver e validar tecnologias para avaliar as características de dissolução e desintegração de fármacos. O conhecimento da solubilidade, da permeabilidade e da velocidade de dissolução permite a previsão das suas propriedades biofarmacêuticas. Dessa forma, o objetivo da presente linha de pesquisa é proporcionar base-racional científica para o desenvolvimento de medicamentos convencionais e inovadores com maior eficácia e segurança..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Indústrias de Transformação.
Palavras-chave: Sistema de Classificação Biofarmacêutica; Dissolução; Controle de qualidade; validação de métodos.
2.
Avaliação e otimização de processos farmacêuticos
 
Objetivo: Desenvolvimento, otimização e monitoração de processos tecnológicos empregando-se métodos de planejamento experimental e análise de séries temporais.Adicionalmente, a presente linha de pesquisa busca abordar a qualidade por design (QbD) nos processos farmacêuticos. Essa abordagem sistemática para o desenvolvimento de produtos contempla objetivos pré-definidos e enfatiza o entendimento do produto, do processo e do controle em processo, com base em dados científicos sólidos e gestão dos riscos de qualidade. Assim sendo, ferramentas estatísticas e de qualidade são utilizadas para alcançar melhor entendimento do produto e processo..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Indústrias de Transformação.
Palavras-chave: Qualidade por design; otimização; Ferramentas estatísticas; análise de risco.
3.
Desenvolvimento de sistemas nanoestruturados para a obtenção de produtos farmacêuticos e cosméticos inovadores
 
Objetivo: O desenvolvimento de sistemas nanoestruturados contempla tema atual de fundamental importância que visa contribuir para o aprimoramento tecnológico e científico do país em área inovadora e com potencial elevado de impacto social. Nesse sentido, busca-se elevar a eficácia e a segurança de medicamentos e de cosméticos reduzindo sua toxicidade por meio de liberação modificada do fármaco e/ou pelo direcionamento do fármaco a sítios-alvo específicos. Além disso, a presente linha de pesquisa busca contribuir com a criação de mecanismos regulatórios para a garantia de qualidade, da segurança e da eficácia de medicamentos e cosméticos nanoestruturados. Adicionalmente, essa linha tem por objetivo viabilizar cooperação internacional entre a Faculdade de Farmácia e Ciências Farmacêuticas da Universidade de Alberta, no Canadá e a Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo no campo das Nanotecnologias. Nesse sentido, essa cooperação tem promovido parceria entre essas Faculdades em projetos de pesquisas dos pós-graduandos do programa de Fármaco e Medicamentos da FCF/USP..
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Farmacotécnica e tecnologia farmacêutica.
Setores de atividade: Fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos.
Palavras-chave: Nanopartícula; Nanocristais; Nanocarreadores; sistemas nanoestruturados.

Projetos de Pesquisa

 

1.Planejamento, Síntese e Avaliação Biológica de Substâncias de Origem Natural e Sintética
 
Objetivo: Utilizar substâncias reconhecidamente ativas (endógenas ou exógenas) como modelos estruturais para o planejamento e síntese de análogos que apresentem atividade biológica potencialmente superior. As estratégias de planejamento exploradas nesta linha são: hibridação molecular, bioisosterismo e homologia.
 
2.Educação Farmacêutica
 
Objetivo: Criar e desenvolver ferramentas e/ou estratégias para o ensino farmacêutico contemporâneo..
Palavras-chave: Química Farmacêutica Experimental; Vídeos educativos; Tecnologias Educativas.
 
3.Latenciação de Fármacos
 
Objetivo: Esta linha tem como objetivo o planejamento e síntese de pró-fármacos clássicos, especialmente aqueles que utilizam transportadores poliméricos, para resolução de problemas farmacocinéticos e melhoria de seletividade..
Palavras-chave: Prodrug Design.

Projetos de Pesquisa

Objetivo: Investigar a expressão de transportadores de fármacos na excreção renal em pacientes críticos com função renal normal uma vez que a depuração do antimicrobiano se encontra reduzida nesses pacientes..
Palavras-chave: Abordagem farmacocinética-farmacodinâmica; OAT1-2 MATE1-2K; Transportadores de anions-drogas marcadoras; Farmacogenética.

2.
Controle terapêutico de Fármacos
 
Objetivo: Individualização de terapia farmacológica pelo ajuste de dose na maximização de eficácia e minimização de eventos adversos. Estudos de fenotipagem com relação a transportes de eliminação e biotransformação (oxidação, redução e hidrólise e processos de conjugação) contribuem na racionalização da terapia e ajuste de dose do fármaco..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: fármaco de baixo índice terapêutico; correlação Conc x Efeito; fenotipagem.

3.
Modelagem Farmacocinética
 
Objetivo: Utilizar as ferramentas da farmacocinética para investigação do fármaco no organismo humano e a sua alteração em função da absorção, distribuição, biotransformação e excreção de agentes utilizados na terapêutica. A aplicação dessa ferramenta em estudos clínicos controlados é importante para o conhecimento da transferência do Fármaco no organismo de pacientes das populações de risco e de pacientes críticos como extremos de idade, imunossuprimidos, submetidos a grandes cirurgias, grandes queimados, infecções graves, disfunção renal_dialise e disfunção hepática.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: alteração da farmacocinética; populações de risco; pacientes críticos.

4.
Modelagem PK/PD para fármacos agonistas e antagonistas de receptores farmacológicos
 
Objetivo: Investigar a partir da utilização de modelos lineares ou não lineares, temporais ou não temporais a correlação entre a concentração plasmática do fármaco no decurso do tempo e o efeito farmacológico ou efeito adverso no decurso do tempo. A utilização dessa ferramenta para fármacos agonistas como antagonistas de receptores farmacológicos tem se mostrado promissora na racionalização de uso de determinado agente terapêutico e a proposta de novos regimes de dose para maximização de eficácia e minimização de eventos adversos..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: modelos temporais; modelos atemporais; correlação PK/PD.

5.
Vigilância infecciosa com base na predição de efetividade de agentes anti-infecciosos através da abordagem PK/PD
 
Objetivo: Realizar a correlação PK/PD para agentes anti-infecciosos (antimicrobianos e antifúngicos) a partir de parâmetros da farmacocinética e da farmacodinâmica com base na concentração inibitória mínima do patógeno isolado.. Nesta linha de pesquisa realiza-se investigação de grupos de pacientes críticos portadores de infecções graves através da realização de protocolos clínicos controlados prospectivos para o controle das infecções contra patógenos hospitalares e da comunidade, fungos e leveduras.O objetivo fundamental é propor alterações de regime de dose, para fins de vigilância infecciosa..
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
Palavras-chave: antimicrobianos e antifúngicos; pacientes graves de UTI; infecções causadas por patógenos hospitalares; abordagem PK/PD; resistência bacteriana.

Projetos de Pesquisa

1.
Qualidade, Segurança e Eficácia de produtos Farmacêuticos Nanoestruturados
2.
Sistemas "in vitro" aplicáveis a Biomateriais e Produtos Farmacêuticos
3.
Métodos Microbiológicos Convencionais, Rápidos e Automatizados
4.
Desenvolvimento, Validação e Controle de Processos de Esterilização
5.
Avaliação físico-química e Biofarmacêutica de Medicamentos



Projetos de Pesquisa

» Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos.

Prof. responsáve: Nádia Araci Bou Chacra

Projetos de Pesquisa

Prof. responsável: Nádia Araci Bou Chacra

email: chacra@usp.br

fone: 3091-3628

Projetos de Pesquisa